Diário de Viagem: 72 Horas em San Diego

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Após 5 anos a morar no sul da Califórnia, já era hora de reunir o pessoal e explorar a bela cidade de San Diego para descobrir os recantos e encantos que esta cidade eclética e vibrante tem para revelar. Uma das primeiras coisas que me impressionou foi como há realmente algo para todos e não há falta de coisas para fazer em San Diego! Para saír à noite, a zona do Gaslamp Quarter irá receber-te de braços abertos. Se procuras vibrações mais calmas de surf e cafés pitorescos, visita Ocean Beach. Para cantos hipster e lojas artísticas, Northpark. E para as melhores caminhadas e natureza, podes ir a Point Loma, La Jolla e Torrey Pines, entre muitos mais! A parte mais agradável é que está tudo tão perto e as escolhas alimentares são culturalmente amplas e deliciosas, complementando o pacote de forma perfeita. Para um guia completo e fotos bonitas das nossas mini-férias em San Diego, continua a ler!

*Este post foi patrocinado parcialmente pelo City of San Diego Tourism Marketing District Assessment Funds. Todos os pensamentos e opiniões são meus (lê mais sobre isto aqui!).

DIA 1


Ao chegar a San Diego, fomos directamente almoçar no Café 21 em Gaslamp Quarter – um local rústico chique que serve comida do Médio Oriente com um toque Californiano! Tínhamos perdido a hora de brunch (estávamos literalmente 3 minutos atrasados!) mas não ficámos desapontados pela selecção de tapas fabulosas que servem durante a tarde.  Os ingredientes eram tão frescos e de origem local. Este sítio é conhecido pela variedade de sangria caseira e curada. Nas prateleiras que decoram este restaurante irás encontrar jarros cheios de fruta e vegetais a fermentar, à espera de serem misturados para originarem um resultado delicioso. A nossa opção de tapas favorita foi a Café 21 Fondue – uma mistura saborosa de 4 queijos para molhar com pão rústico fresco, frutas exóticas e vegetais.  Vale também a pena experimentar o Beet Cured Salmon Sashimi (servido com batatas fritas Taro e Abacate) e o reconfortante Chicken Crepe Cake. Vê o incrível menu aqui para mais opções!

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Depois de almoço fomos explorar a San Diego East Village e o Barrio Logan, o centro da cultura Mexicana-Americana rica de San Diego. Fomos ao Chicano Park, um ponto de referência com murais belíssimos enormes por baixo da Coronado Bridge. Estes trabalhos são criações de artistas que através da arte expressam a sua história, progressão cultural, desafios e sucessos. É uma experiência muito interessante e com lições de humildade para aprender.

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Enquanto regressávamos para um merecido descanso no nosso alojamento, parámos  na  San Diego’s East Village para nos deliciarmos no ramen Japonês-Californiano e bar Saké, Beshock. Se gostas de comida de fusão apetitosa, então este local não irá desapontar. O serviço foi excelente com pequenas notas escritas à mão na nossa conta e tudo! Pedimos sushi simples e uma tigela gigante de ramen. Escusado será dizer que dormimos muito bem e ficámos abastecidos para as próximas aventuras.

 

DIA 2


Estava uma linda manhã de sol no dia seguinte e depois de estarmos prontos, fomos até Spruce Street para ver a ponte de suspensão que atravessa o pequeno vale! Foi uma grande surpresa ver esta atracção abrigada num bairro semi-suburbano de luxo sem pretensões. Mantém-te de pé no meio da ponte e balança o corpo ligeiramente de um lado para o outro para fazer com que a ponte oscile. Prepara-te porque vais mesmo sentir o balançar da ponte, é muito divertido!

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Por volta do meio dia fomos ao brunch na Bread & Cie no Hillcrest neighborhood, que é uma mistura animada de cafés, boutiques e patios na calçada. A Bread & Cie tem uma selecção de pão Europeu rústico de deixar água na boca (por isso sim, eu não precisei de ser convencida) e uma ampla variedade de opções de comida de qualidade. Não consegui resistir à sandes Artisinal Salumi (com mascarpone, erva-doce e um fio de mel  fennel…) numa baguete Ficelle e uma selecção de doces!

Para sobremesa, fomos até North Park, um bairro hipster, artistico e na moda, a uma geladeira gourmet e bonita chamada Hammond’s Gourmet Ice Cream. Este sítio serve uma experiência especial de saborear uma série de gelados pequeninos em mini cones acabados de fazer. Não vale a pena dizer que pedimos 6, só se vive uma vez, não é?!

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Sabores (começando pelo topo à esquerda e seguindo os ponteiros do relógio): Yin & Yang Chocolate Branco com Sementes Sésamo, Chocolate, Côco e Nozes de Macadamia, Creme de Manga, Creme de Lichia, Sorvete de Framboesa e Fudge de Mentol!

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Mais locais bonitos em North Park incluem a Pigment, a loja mais pronta para Instagram de sempre em todo o planeta (pensa em boho-chic, mini cactos, postais pastel, vasos de vidro com plantas pendurados), Artelexia, onde podes encontrar prendas, arte e decoração Mexicana feitas à mão e o Figaro Dessert Café para um chá quente de menta para digerir todo o gelado!

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Decidimos fazer um pequeno desvio no regresso ao centro da cidade e fomos ao  Balboa Park que é exactamente tão pitoresco como vimos nas fotos enquanto pesquisámos no Instagram e Google. Esta demonstração da história rica de San Diego flui eloquentemente enquanto passas por arcos, fontes de água lindas, atravessas o Japanese Friendship Garden (o nosso favorito de todos os jardins!) e ficas de queixo caído ao ver a arquitectura de Estilo Revival Colonial Espanhol. Não só é perfeita para fotografia – pensa em pitoresco com cantos e recantos impressionantes – como podes explorar aqui muitos aspectos culturais, naturais e históricos de San Diego. Existem restaurantes e cafés, o que é mais um ponto a favor porque, enfim, comida. Eu viria morar aqui se me deixassem (estou a atirar para o ar, só naquela!)

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Para jantar, fomos a um espaço Mexicano óptimo chamado Mariscos El Pulpo e que melhor área para explorar a comida Mexicana se não o Barrio Logan? Pedimos Ceviche (que bom) que vem com tortilla e tacos de Mojo De Ajo Pulpo (polvo salteado com manteiga de alho). Gostava de ter comido mais do menu mas as porções generosas não deixaram espaço!

 

DIA 3


Começámos a manhã a passear desde o centro da cidade até à zona junto ao mar chamada Seaport Village, onde podes apreciar a vista de água e porto. Para o almoço, guardámos o melhor para último e dirigimo-nos para uma refeição muito esperada no restaurante HaruMama Noodles and Buns que abriu recentemente. As nossas expectativas de ter uma refeição divertida e absolutamente deliciosa foram mais do que excedidas. Este local faz tudo bem no menu. Para uma escolha divertida, pede os buns feitos a vapor porque vêm em formato de personagens fofas! Fomos mais longe e devorámos o prato de sashimi Screaming Salmon, os pan-fried noodles de marisco e o melhor (quero dizer MELHOR) pork bao buns que já comi. A sério, podia comer ali o resto do ano e este restaurante está nos meus Top 5 restaurantes favoritos.

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Travel Diary: 72 Hours in San Diego, quick and fun travel guide! - thecasualfree.com

Depois de almoço, levámos as nossas barrigudinhas cheias para o lindo Cabrillo National Monument que fica na ponta mais ao sul da peninsula de Point Loma. Este monumento comemora a primeira vez que uma expedição Europeia tocou a costa Oeste dos Estados Unidos (Europeia orgulhosa aqui!). A área envolvente possui uma riqueza de oportunidades de aprendizagem histórica, náutica e natural desde o Visitor Center, a apreciar a vista panorâmica de tirar o fôlego do porto de San Diego, a caminhar no Bayside Trail ao longo da água e a explorar o antigo farol. Traz um casaco caso o vento levante!

Travel Diary: 72 Hours in San Diego: Quick and Fun Travel Guide! - thecasualfree.com Travel Diary: 72 Hours in San Diego: Quick and Fun Travel Guide! - thecasualfree.com Travel Diary: 72 Hours in San Diego: Quick and Fun Travel Guide! - thecasualfree.com

Para a nossa última noite, decidimos passear por Ocean Beach – um local de surf suburbano relaxado, descontraído e charmoso com uma linha de palmeiras – perfeito para desacelerar. O nosso canto favorito foi o The Nest Coffee and Tea pelos seus ingredientes orgânicos saudáveis e o espaço cheio de luz que partilha com uma loja de decoração e fashion boho-chic, Current Collective. Neste espaço, fez sentido pedir uma tigela de açai regada com mel e um Latté para terminar a nossa escapadinha maravilhosa em San Diego.

Travel Diary: 72 Hours in San Diego: Quick and Fun Travel Guide! - thecasualfree.com

Travel Diary: 72 Hours in San Diego: Quick and Fun Travel Guide! - thecasualfree.com

San Diego é uma cidade de tamanho perfeito – é tão fácil passear e explorar. A comida foi fantástica e o preço muito razoável. Estacionar na cidade foi bem mais fácil do que imaginei e o trânsito é tão leve que sabe bem conduzir e visitar os cantinhos da cidade e da costa. Gostava que tivéssemos ficado mais tempo para nos aventurarmos mais! Não podiamos regressar sem alguma lembranças por isso trouxemos pão fresco da Bread and Cie para os nosso amigos (mas tivemos fome e comemos um no carro, ups). Não te esqueças de guardar este Diário de Viagem e Guia para San Diego nos teus favoritos para a próxima escapadinha de fim de semana! Diz-me em baixo nos comentários se conheces mais locais e dicas de viagem e actividades em San Diego!

Share:

9 Comments

  1. Marie
    Abril 3, 2018 / 5:11 pm

    Ohhh! I had no idea San Diego was so quaint and beautiful. Looks like I have a new list of places I need to check out when I go next ❤️

    • Ana Free
      Autor
      Abril 3, 2018 / 11:19 pm

      Thanks sweetie! It was really fun, and yes, you have to go soon! xx

  2. HaileyLovesTravel
    Abril 3, 2018 / 7:05 pm

    This is such an awesome travel guide babe!! Looks like you had a blast! Xoxoxo

    • Ana Free
      Autor
      Abril 3, 2018 / 11:20 pm

      Thanks Hailey, hope you have a great week 🙂

  3. RitaMacedo
    Abril 3, 2018 / 7:07 pm

    Bem bonito o post querida Ana. Ainda bem que foi uma óptima viagem. Quando tivermos na Califórnia para a próxima não vamos perder uma visita à San Diego. Muitos abraços.

    • Ana Free
      Autor
      Abril 3, 2018 / 11:20 pm

      Obrigada Rita! És muito querida também! Beijinho grande!

  4. KaTiA_ZcH
    Abril 3, 2018 / 11:19 pm

    cute post, loved seeing all ur photos, so pretty!

  5. Lucinda
    Abril 4, 2018 / 6:42 am

    Lovely post! Makes me want to go now. But next time in California, I´m headed there! Lovely post.

    • Ana Free
      Autor
      Abril 6, 2018 / 5:42 pm

      Thanks so much!! <3<3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *